Ostomia e alimentação

Christiane e Cláudia (Blog Ostomia sem Fronteiras)

Quando ficamos ostomizados, uma das nossas primeiras dúvidas é: como deve ser a alimentação? O que podemos comer?

Então, para ajudá-los darei algumas dicas como nutricionista e ostomizada.
No início, os alimentos devem ser introduzidos gradativamente, sendo dos semi-líquidos aos mais sólidos.
Passada a fase inicial, devemos nos encorajar a seguir uma alimentação normal e saudável, evitando ou omitindo apenas os alimentos em particular que causam problemas, como por exemplo, a diarréia, a constipação e os gases.
Sendo assim, a nossa alimentação deve ser equilibrada, de consistência geral e fracionada em seis refeições ao dia, respeitando sempre o horário para contribuir com a regularidade do funcionamento do intestino. É muito importante nos alimentarmos de 3 em 3 horas, sempre mastigando bem os alimentos para facilitar a digestão e evitar a obstrução da colostomia ou ileostomia.     Lembrar sempre que, quando formos experimentar algum alimento diferente, devemos pegar apenas um pouco, pois não saberemos como nosso organismo irá reagir, e também devemos experimentar um alimento novo de cada vez.
É essencial bebermos de 2,0 a 2,5 litros de água por dia, e ingerir sempre uma quantidade adequada de fibras para o bom funcionamento do intestino.

O que comer?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.