/Membros da APO elaboram comissão para solucionar falta de bolsas de urostomia nos postos de saúde

Membros da APO elaboram comissão para solucionar falta de bolsas de urostomia nos postos de saúde

Secretário municipal de Saúde de Curitiba (César Monte Serrat Titton), que atendeu membros da APO, afirmou que o problema é pontual e que a situação deve ser resolvida nos próximos dias. (Crédito foto: Chico Camargo - CMC)
Secretário municipal de Saúde de Curitiba (César Monte Serrat
Titton), que atendeu membros da APO, afirmou que o problema é
pontual e que a situação deve ser resolvida nos próximos dias. (Crédito foto: Chico Camargo – CMC)

Devido a uma série de dificuldades relatadas por pacientes ostomizados em obter bolsas de urostomia do Sistema Único de Saúde (SUS), a Associação Paranaense dos Ostomizados elaborou uma comissão para debater a situação com o secretário municipal de Saúde de Curitiba, César Monte Serrat Titton.

Durante a reunião, realizada no dia 3 de agosto, a informação transmitida aos membros da APO foi de que a Prefeitura de Curitiba está em processo de licitação para a compra dos materiais, que serão adquiridos nos próximos dias, para a regularização das entregas.

Na avaliação dos membros da associação que estiveram presentes na reunião (Luiza Helena Ferreira Silveira, Zenir de Araújo, Marília Maito e Jaime), a reunião foi positiva, apesar de o processo ainda estar em andamento e, consequentemente, ainda não haver materiais disponíveis aos ostomizados. “Várias pessoas se dirigiram à associação informando sobre a dificuldade na obtenção dos materiais nos postos de Saúde, e sendo a preocupação da APO proteger os direitos das pessoas ostomizadas e se posicionar contra qualquer problema na obtenção desses direitos, procuramos o sr. César Titton, que nos atendeu demonstrando plena atenção e interesse aos direitos dos ostomizados. Entendemos que é uma situação atípica e que nos próximos dias a situação deve ser regularizada”, observa a 1ª tesoureira da APO, Luiza Helena Ferreira Silveira.

A Associação Paranaense dos Ostomizados permanece à disposição dos ostomizados para colaboração em quaisquer problemas relacionados à não observação dos seus direitos adquiridos.